fbpx
Facebook Instagram Vimeo Youtube RSS

Ousadia e criatividade: ou você tem ou você não vende!

Por
Postado dia

Ousadia e criatividade: ou você tem ou você não vende!

Há quem diga que criatividade é a capacidade de reformar a ciência e trazer algo novo. Há quem acredite que criatividade significa inventar ou, ainda, trata-se da resiliência em desenvolver novos trabalhos.

Para nós, a criatividade pode ser definida como a capacidade de transformar o que já existe, em algo único, ousado. Um fator essencial de sobrevivência no mercado atual. Sabe por quê? Vamos te explicar!

 

Criatividade: um fator essencial de sobrevivência? 

 

Pare para observar o seu redor: a quantidade de empresas sendo construídas diariamente, a agilidade nas informações, as mudanças e chegada de funções, a atualização das profissões.

 

São milhares de farmácias, padarias, papelarias, emissoras, portais, agências. Todas com o mesmo propósito? Talvez sim. Talvez todos tenham como objetivo principal adquirir novos clientes e fidelizar os antigos. Mas como atrair em meio ao cenário cada dia mais desafiador?

 

É preciso ser diferente em meio a multidão, é preciso ser criativo e, por isso, criatividade torna-se cada vez mais a palavra-chave para o sucesso no mercado. Criatividade é o vermelho ou amarelo em meio ao preto e o branco – filosófico, né? -.  E assim sucessivamente.

 

“Ok, temos criatividade, mas por que, mesmo assim, meu negócio não flui? “

 

Growth Content: chegue em primeiro lugar nessa corrida contra a concorrência!

 

Levando em consideração a facilidade em comparar preços, qualidade e conteúdo, é necessário ter um diferencial entre os demais. É preciso entender o que sua marca quer levar e onde ela irá se destacar. Um exemplo? A Atracto. Para muitos, podemos ser apenas uma empresa de marketing digital. Pra nós, somos uma empresa de growth content. Uma produtora dos melhores conteúdos.

 

Ainda falando sobre nós, não queremos apenas que um cliente apareça no mercado – e talvez nosso diferencial se encontre aí -. Queremos levar o “conteúdo que faz crescer”. Como?

 

Somos geradores de conhecimento. Buscamos incansavelmente a resposta para “por que o serviço que a sua marca oferece é melhor do que os da concorrência?” E assim, as consequências de um trabalho duro e árduo – às vezes não tão árduo assim, já que AMAMOS o que fazemos – aparecem: resultados MUITO positivos!

 

Criatividade x Inovação x Ousadia – e alegria! –

 

Sinônimos? Ambiguidade? Não! São complementos.

Criatividade significa criar, performar, produzir, destacar. Inovação, trata-se da implementação bem-sucedida de ideias.  E ousadia, não ter medo de errar.

 

Viu a diferença? Não adianta ser criativo e não colocar em prática, não levar sua ideia ao mundo. Não adianta ter criatividade e ter medo de errar. Resumindo? Uma atitude sem a outra, talvez não faça sentido algum.

 

Será que você está errando em algum quesito desses?

 

Na prática: resultado que faz vender!  

 

Ficou claro o que é necessário para que um conteúdo se destaque entre a concorrência? Quer vender mais? Então, mude hoje o seu modo de pensar e suas estratégias de venda.

 

Qual é o seu primeiro pensamento de quando chega ao escritório? Independentemente de qual seja, agora, ele deve ser voltado para a pergunta: Qual ação criativa atrairia meu cliente? Que ação me estimularia a interessar pelo fornecedor A ou B? E mande bala! Tenha um novo olhar sobre o negócio e dê soluções para os desafios tradicionais!

 

Torne-se instintivo para contornar os problemas, resolver os pepinos “sambando na cara do povo” – ou seja, com MUITA criatividade! -. Duvidamos que, dessa forma, você não fisgue seu cliente.

 

Duvidamos que os resultados dos seus conteúdos não cheguem ao ouvido de seu freguês com muita rapidez. Faça seu cliente sair do básico, afinal, o básico ele já sabe como é – todo mundo também! – e colha os frutos desse trabalho. 😉

 

#Top 10 da criatividade

 

1) Tenha novos olhares – para TUDO!

Sabe o famoso ditado “depois que perde, valoriza”? Pois bem, o caminho é meio por aí. Às vezes, a rotina nos deixa tão “automatizados”, que nos impede de ver pequenas grandezas do dia a dia. E aí, depois de um bom tempo, você pode reparar e se arrepender de não ter feito nada diferente.

 

Não deixe chegar nesse ponto. Se force a ver oportunidades a todo momento e lembre-se: a estratégia faz total diferença para o seu mercado, seja para leva-lo às estrelas ou ao fracasso.   

 

2) Mostre o quão feliz você é no que faz!

Pode ser (e é!), bem clichê dizer, mas quando você ama o que você faz, isso reflete diretamente no seu serviço, no seu semblante, no seu humor, em tudo – inclusive, ou principalmente, nos seus resultados! Um trabalho executado com o cuidado de quem possui carinho no que faz, não tem pra ninguém.  


3) Pense fora da caixa!

Traduzindo: saia AGORA do senso comum. Desde o momento em que você responde um e-mail, até a hora de soltar um conteúdo de extrema importância para seu cliente. E isso serve para grandes organizações ou para o profissional autônomo que está no início de suas atividades e em busca de um espaço no meio da multidão.  Se destaque pelas suas ideias! 😉  


4) Enjoe fácil!

“Ué, mas até ontem isto era um ponto negativo, não era?”. Depende do ponto de vista! Quando você enjoa fácil do que faz, do que vê, você se força a procurar o diferente. A inovação. Enjoar fácil significa não querer ver resultados iguais.  

 

5) Seja MUITO exigente!

No mundo corporativo, para obter destaque, é preciso oferecer 100% da qualidade nos serviços. É preciso buscar a excelência em tudo que se faz. 

“Certa vez, fizemos um cartão de aniversário fenomenal para os colaboradores de uma das empresas que atendemos. Ficou insano. Ficamos muito orgulhosos do resultado. Nisso, mandamos à gráfica e, ao chegar, não gostamos nem um pouco do material. Firmeza, reclamamos e o fornecedor nos enviou um novo conteúdo, mas ainda sim, ficamos insatisfeitos. Conclusão, discutimos novamente, até que saísse 100% do que queríamos. Se não fosse assim, não adiantava de nada o orgulho da arte que fiz, saca?”. Essa é a fala do nosso designer, Leonardo Araújo, que é desses exigentes demais! Ou seja, quando você dá o seu melhor, o resultado sai impecável, e o cliente fica MUITO satisfeito (!), como deve ser.

 

6) Se supere todos os dias.

Já parou para pensar que, quando “quebramos a cabeça”, buscamos o resultado, no final do dia parece que estamos voltando de uma guerra? Bate até aquela dúvida: “por que estou tão exausto, sendo que fiquei sentado o dia todo?”. Se for parar para ver, estamos constantemente em guerra: guerra contra nossos pensamentos, forçando hábitos, buscando superar as expectativas do cliente (e não apenas suprir!). Uma guerra em busca de um trabalho a cada dia mais bem feito.  


7) Valorize o seu silêncio!

Por diversas vezes, a criatividade exige um tempo de silêncio para colocar as ideias nos eixos. É o momento onde você precisa refletir, conectar as informações, organizar a sua caixinha. Portanto, caso a solução criativa não venha imediatamente, opte por isso. Quantas vezes você já não ouviu um “eu não sou criativo!”? Geralmente, as pessoas são muito mais criativas do que imaginam, mas é preciso instiga-las e fazer exercícios de autoconhecimento constantemente – e o silêncio pode ajudar e MUITO!  


8) Por outro lado, converse!

Ao mesmo tempo que o silêncio ajuda a organizar as ideias, conversar é fundamental para estimular a criatividade. Ouvir sugestões, brincar, pensar em conjunto. O brainstorming, como o próprio nome já diz, é uma “tempestade de ideias”, uma técnica excelente para bons frutos! Ah, e não se esqueça: nenhuma ideia é errada.  


9) O poder do elogio!

Quando se deparar com uma atitude fora da caixa e que te faça refletir “nossa, como não pensei nisso antes?”, não perca tempo e não contenha os elogios. Isto é fundamental para que as pessoas prossigam nesse caminho.  

 

10) Mexa com as emoções!

Garanto que os filmes que te fazem rir, chorar e refletir são os que mais te marcam, não é? Isso não muda com o trabalho que você oferece. Sem dúvida, as chances de ter ainda mais êxito nos trabalhos feitos com emoção são maiores, e isso, certamente, fará você ser muito mais lembrado.

 

Nós, no caso, não iremos nunca lembrar daquele comunicado da empresa onde diz “Prezados colaboradores, não trabalharemos no carnaval e voltamos as atividades normais na quarta-feira, após o meio dia”.

 

Agora, aquele “Ô, lá lá, ô, ô, ô, ô, ô, ô, ô… Como será nosso esquema de carnaval? Segunda-feira: emenda. Todos bailando em algum lugar deste Brasilzão. Terça-feira: feriado de carnaval. Ressaca, talvez? Quarta-feira: todos entram UMA HORA mais tarde pra tentar se recuperar dos traumas carnavalescos!”.

 

Não precisamos nem dizer que servirá pra sempre como um modelo a seguir, né?

 

Conclusão: sempre há lugar no mercado!  

 

É importante ressaltar: em meio a esse mar de marcas buscando, desesperadamente, um segundinho da atenção dos consumidores de conteúdo, a criatividade é um grande diferencial.

 

Há lugar pra todo mundo, porém, o mercado já está cansado da insistência do “compre, compre e compre!”. Agora, é tempo de trazer uma nova estratégia de venda. Uma estratégia para fisgar o consumidor. É preciso mostrar uma perspectiva ainda não vista, de uma forma que ainda não foi apresentada.

 

“Como? É muita gente no mundo e basicamente tudo já foi dito!” Aí que você se engana! A criatividade se reinventa todos os dias. Bebe de outras fontes e se torna capaz de transformar ao público aquilo que já existe, em novo.

 

E é assim que a Atracto trabalha, em busca de te levar ao sucesso tão almejado!

 

Deixe seu comentário