fbpx
Facebook Instagram Vimeo Youtube RSS

Endomarketing: sabia que isso também te ajudar a vender?

Por
Postado dia

Endomarketing: sabia que isso também te ajudar a vender?

Ultimamente temos falado sobre ações de marketing direto, para fortalecimento de marca, engajamento, atração de leads e conversão de novos clientes. Mas e quanto ao endomarketing? Não é todo mundo que se preocupa com essa ação que é tão importante e estratégica quanto as demais.

Endomarketing é uma das formas mais eficazes para reduzir o volume de negócios (taxa de rotatividade de funcionários) e atrair novos profissionais altamente qualificados para a empresa. Sua empresa investe em endomarketing? Esse esforço começou com uma necessidade ou houve tais ações desde o início? A resposta a essas perguntas pode fazer toda a diferença em manter uma equipe feliz, produtiva e com baixo turnover. Vamos falar mais um pouco a seguir.

O que é endomarketing e por que é importante?

Didaticamente, o significado da palavra endomarketing é marketing interno, já que o prefixo ‘endo’, que vem do grego e significa “dentro”. Trata-se de uma estratégia de marketing institucional voltada para ações internas e que busca melhorar a imagem da empresa entre seus funcionários, culminando em uma equipe motivada e reduzindo o turnover (que é a rotatividade ou saída de funcionários).

Muitas empresas dedicam muito tempo e recursos para atrair e reter clientes, mas negligenciam completamente o próprio trabalhador.

No entanto, a realidade é que quando há funcionários insatisfeitos, cujas necessidades não são cobertas pela empresa, é impossível fornecer ao cliente a experiência única que se deseja. Essa estratégia bem desenhada ajuda a criar uma imagem de um bom lugar para trabalhar, o que reflete na relação de dentro pra fora. 

Endomarketing, portanto, é um processo de gestão destinado a vender a empresa aos seus próprios trabalhadores, formando a percepção dos funcionários sobre a empresa, fortalecendo a imagem da empresa.

Em outras palavras, as pessoas terão uma percepção diferente desse negócio: elas começam a enxergar a empresa de maneira mais humana e carismática, desenvolvendo um sentimento de “adoração” e inclusive replicando esse sentimento para outras pessoas, como que dando seu atestado pessoal de que aquela empresa é de fato um ótimo lugar para se trabalhar. E acredite: nas experiências que vemos mercado afora, os clientes também se sentem atraídos por uma empresa que demonstra essa realidade especial. Vantajoso, não?

Outra coisa: aproveitando que estamos na era digital, é importante usar a tecnologia a seu favor. As estratégias tradicionais de endomarketing podem ser replicadas no ambiente digital com as novas plataformas tecnológicas. Como as pessoas estão cada vez mais conectadas e usam cada vez mais a internet para se posicionar sobre um determinado tópico, para buscar conhecimento e se mostrar para o mundo, as empresas precisam usar tecnologias para interagir com os funcionários.

Os benefícios do endomarketing digital

A essência de uma cultura organizacional de uma empresa está diretamente ligada a todas as práticas realizadas no cotidiano desse empreendimento e denota suas normas, valores, expectativas e atitudes.

Assim, todo o conjunto da cultura corporativa está ligado à imagem da empresa e, para ter credibilidade em relação ao que é executado, é necessário que a filosofia e a ação estejam alinhadas.

Afinal, a identidade ou a maneira pela qual a empresa quer ser vista precisa ser a mesma que sua imagem, que é a percepção das pessoas sobre o que é a empresa realmente.

Portanto, antes de agregar as tecnologias às ações do público interno de uma organização, os gestores precisam perceber se a cultura organizacional está alinhada com as inovações disponíveis para o mercado.

Se os gestores perceberem que os processos ainda são bastante tradicionais e que o ambiente de “papel e caneta” ainda prevalece dentro da empresa, uma mudança deve ser feita, tanto para as relações internas quanto para as relações externas.

Portanto, as organizações que entendem que não se deve negligenciar as tecnologias como forma de comunicação certamente já estão um passo à frente da concorrência.

As pessoas estão acostumadas a se comunicar pela internet através de plataformas digitais. Então, seria um pouco entediante receber e enviar comunicações da maneira tradicional, não? Especialmente se o alvo dos comunicados for um colaborador das gerações Y e Z. 

Com o uso de redes sociais, software de comunicação corporativa e outras mídias digitais desenvolvidas especificamente para esse público, os colaboradores se sentirão mais motivados a interagir, pois esse tipo de mensagem já faz parte de sua rotina.

 

Endomarketing bem feito é garantia de sucesso

Endomarketing não é um boletim interno pendurado em um mural na área do café da empresa. Também não é mandar um cartão na rede interna para parabenizar os funcionários pelo dia internacional de sua profissão ou pelo aniversário do colaborador.

Endomarketing é relacionamento! E quando um relacionamento é saudável, forte e muito bem nutrido, todos os envolvidos são felizes. Ponto!

Quando você cria estratégias de marketing, você está vendendo algo; ou, no mínimo, criando a necessidade de compra para o que você está vendendo.

Endomarketing é a mesma coisa, exceto que, em vez de um produto ou serviço, sua equipe deve “comprar” o conjunto de metas, valores e pilares da empresa, além de perceber a importância de cada resultado coletivo. Isso faz com que os colaboradores se sintam comprometidos em desenvolver atividades profissionais com eficiência.

Quando o endomarketing é bem feito, de forma pensada e assertiva, os resultados são uma equipe feliz e produtiva; empregados que buscam constantemente o aprimoramento e crescimento da empresa; pessoas recomendando excelentes profissionais para se juntarem à equipe; internalização e prática da cultura organizacional; e recomendações boca-a-boca da marca e da empresa pelos próprios funcionários.

Esse último é o maior sinal de que a estratégia deu certo, não à toa as listas de melhores lugares para se trabalhar são tão valorizados por executivos e funcionários porque as métricas usadas para elaborar esses rankings levam em conta a opinião dos próprios funcionários de uma organização. Certamente as mais bem posicionadas na lista têm ações efetivas de endomarketing!

Parece fantástico, não? E é! Até hoje, ainda não encontramos pontos negativos em um processo de endomarketing bem feito.

 

Mas como fazer isso corretamente?

A partir do momento em que uma empresa utiliza mecanismos digitais para se comunicar com seus funcionários, há um maior dinamismo entre enviar, receber e internalizar a mensagem.

Assim, promover uma campanha, divulgar um evento ou reforçar algum padrão ou benefício torna-se mais fácil, assim como a adesão, que será muito maior!

Lembre-se que ações realizadas no ambiente digital são mais econômicas e proporcionam uma melhor custo/benefício em relação às ações convencionais promovidas no ambiente físico. Os investimentos iniciais, dependendo da plataforma utilizada, são bastante simples comparados aos mais tradicionais, e proporcionam economias significativas no longo prazo.

Mas não descarte, contudo, as ações de endomarketing tradicional. O equilíbrio é a chave para o processo nesse ponto. Sempre há espaço para as duas linhas de pensamento caminharem lado a lado.

Quer um exemplo? Em uma empresa que tenha um ambiente mais formal, adesivar uma parede com o nome dos produtos, frases motivadoras, fotos das equipes das diferentes áreas e outras alegorias que remetam a pontos fortes da empresa já ajuda a quebrar a austeridade e pode descontrair um pouco mais o convívio diário.
 

Pontos importantes

Fique atento ao comportamento e ouça mais: Para descobrir os “problemas” que seu endomarketing pode resolver, escute. Mantenha o ouvido no chão e fale com pessoas importantes da sua empresa. É durante o intervalo do café que você pode descobrir as principais dores de sua equipe. Perceba se existem problemas e quais as causas desses fatores. É preciso ter sensibilidade para notar certos comportamentos e o ambiente de trabalho.

Estabeleça canais de comunicação interna: Comunicação na prática é essencial, e se você quiser se comunicar bem com seus funcionários, crie um canal para fazer essa interação. Existem várias plataformas no mercado que fornecem várias alternativas para ouvir os funcionários. Estabeleça canais de comunicação de mão dupla, onde cada funcionário pode dar sua opinião e receber uma resposta.

Alinhe expectativas: Colaborador que é reconhecido se sente valorizado. Mas apenas prometa grandes coisas quando você realmente pode atender às expectativas. Se você for recompensar seu time pelo desempenho, sempre deixe claro qual será o bônus, para que a expectativa não seja quebrada. Uma dica é ir em busca de parcerias e parceiros, com proximidade ao local de trabalho, como academias, cursos de idiomas e restaurantes. Outra maneira é introduzir horários de trabalho flexíveis ou opções como home office (trabalho em casa). Além de beneficiar seus colaboradores, é uma forma de promover mais qualidade de vida, aumentando a produtividade e construindo uma imagem positiva sobre a marca.

Não motive com palavras, motive com ações: Usar citações motivacionais para animar sua equipe faz tanta diferença em sua produtividade quanto o chiclete ajudou a resolver problemas de matemática no ensino médio. Você sabe o que motiva uma equipe? Cumprimento de promessas, salários, bônus justos e benefícios que sejam consistentes com o nível de demandas de seus cargos, expectativas alinhadas e um bom ambiente! Realize ações eficazes que solucionem os problemas encontrados. Comunicar essas ações e por que elas são feitas causa um efeito muito maior do que os parabéns genéricos ou frases chatas. Ações assertivas são importantes para manter os funcionários satisfeitos com o trabalho e atuar em seu melhor nível de produtividade.

Meça os resultados: Realize pesquisas e faça perguntas sobre o ambiente de trabalho regularmente para toda a equipe. Depois de cada ação, pergunte o que eles pensavam. Qualquer mudança baseada diretamente em tais pesquisas mostra que a empresa ouve seus funcionários. Isso faz toda a diferença no mundo. Problemas existem e sempre existirão. O segredo é como, quando e por que estamos atacando esse problema.

Relacionamentos saudáveis ​​são construídos com confiança. Sua equipe dedica um terço ou mais do seu dia para contribuir com sua missão, o que significa que você já tem o melhor tipo de “comprador”, aqueles que são leais.

Ou seja, uma boa ação de endomarketing ajuda a vender a sua empresa da melhor maneira. E, comprando a imagem, os clientes também comprarão seu produto não pelo valor físico, mas pelo valor embutido nele: confiança, segurança, tranquilidade e respeito. Quando um cliente confia naquilo que a empresa vende, o resultado financeiro é apenas uma consequência.

Nunca é tarde demais para começar a aplicar essas estratégias e nenhuma equipe é pequena demais para ser conquistada.

Se você deseja aprender mais sobre estratégias para manter sua empresa mais forte e promissora, entre em contato com a Atracto e saiba o que podemos fazer pelo endomarketing da sua empresa!

 

Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Deixe seu comentário